As empresas que apostam em treinamento e desenvolvimento dos seus funcionários estão fazendo um verdadeiro investimento no próprio crescimento. Isso porque colaboradores bem-preparados são capazes de produzir mais e melhor, além de prestarem um atendimento mais eficiente.

Ao contrário do que muitos pensam, esse tipo de trabalho não forma mão de obra qualificada para a concorrência. Empregados que recebem treinamento sentem que são valorizados e tendem a apresentar um engajamento maior. Saiba, neste post, como criar um plano de desenvolvimento na sua empresa.
O que é um planejamento de treinamento e desenvolvimento?

O treinamento procura agregar conhecimentos ao funcionário, visando à aquisição de alguma competência ou habilidade. Já o desenvolvimento tem como foco o aperfeiçoamento do profissional, realizado de maneira mais ampla e voltado para o crescimento da carreira.

O planejamento dessas duas intervenções se baseia em conhecer as metas corporativas e investir na construção de perfis profissionais capazes de alcançar esses objetivos. Em vez de contratar outras pessoas, a empresa opta por capacitar os seus funcionários.  Para que isso funcione, é necessário saber exatamente a que ponto se deseja chegar e qual a situação atual, para, em cima disso, desenvolver estratégias. Apenas com um bom planejamento, é possível obter resultados positivos.

Como fazer um plano de treinamento?

O planejamento de treinamento e desenvolvimento se baseia nas seguintes etapas.

Defina metas e objetivos

Como citamos acima, é com base nas metas da empresa que o planejamento de treinamento e desenvolvimento é pensado. Porém, é muito difícil conseguir alcançar tudo de uma vez só. Estabeleça qual meta deve ser priorizada e prepare um programa com esse foco. Vá organizando os planejamentos de acordo com os diferentes objetivos e equipes.

Use as habilidades de cada colaborador

Assim como é importante estabelecer os objetivos do treinamento, também é necessário conhecer as características dos seus funcionários. Não restrinja essa avaliação às competências técnicas — inclua as aptidões, ambições e preferências pessoais. Use essas informações para agrupar os funcionários e direcionar melhor o conteúdo dos treinamentos. Esses dados também podem ser usados para que os programas possam trazer informações novas e que interessem de maneira genuína.

Tenha os recursos necessários

Durante o planejamento, é preciso avaliar o que vai ser necessário para sua realização e se a empresa deve adquirir um novo software, contratar um palestrante ou material didático ou locar um espaço para a realização do treinamento.

Faça medições e avaliações

A realização dos programas de desenvolvimento e treinamento não significa o fim dessa etapa. Faz parte do planejamento medir alguns indicadores, como frequência e resultados apresentados. Não se esqueça de fazer um comparativo de antes e depois dos programas para conseguir avaliar se esses planejamentos estão indo na direção correta.

A ajuda de um profissional especializado nesse tipo de planejamento vai fazer com que o seu programa de treinamento e desenvolvimento seja muito mais direcionado e produtivo. Com a experiência necessária, esse expert consegue evitar erros comuns e pular etapas desnecessárias.

A Smartleader tem todo o know-how necessário para fazer uma avaliação e um planejamento de desenvolvimento preciso e eficaz. Entre em contato conosco!

Categorias: Recusos Humanos

Please wait...

Não seja o último a saber!

Quer ser notificado quando um novo artigo for publicado? Inscreva-se e tenha conteúdo de qualidade para aprender e evoluir.